Voltar

Notícias

Acompanhe nosso blog
2402

Entidades e poder público unem-se a favor da construção sustentável

Postado por: Grupo S2

Construção sustentável, um novo negócio para o meio ambiente.

O Fórum de Desenvolvimento Urbano e Construção Sustentável, uma articulação permanente de órgãos públicos e entidades privadas, foi criado em 9 de junho na universidade Uninove, com a participação do SindusCon-SP. Formado a partir de uma iniciativa do deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), o fórum objetiva fomentar a adoção de tecnologias nas construções, que resultem em comportamentos e estilos de vida que promovam conservação e reuso da água (incluindo a de chuva), economia de energia, gestão adequada de resíduos e conforto térmico.

Além do SindusCon-SP, participam do fórum AsBEA (escritórios de arquitetura), CAU-SP (conselho de arquitetura e urbanismo), CBCS (conselho de construção sustentável), Comissão de Política Urbana Metropolitana e Meio Ambiente da Câmara Municipal de São Paulo, Crea-SP (conselho de engenharia), Instituto de Engenharia e Secovi-SP (sindicato da habitação).

Estas entidades se comprometeram a instalar, manter e divulgar o fórum e suas atividades, contribuindo para a integração urbana, o combate às mudanças climáticas e o desenvolvimento ambientalmente sustentável do país.

O fórum terá reuniões mensais e, excepcionalmente, duas reuniões por mês. Cada participante indicará um membro titular e um suplente. Todas as decisões serão tomadas por consenso e a coordenação exercida por um dos seus membros eleitos para um mandato de um ano. No primeiro ano, a coordenação caberá conjuntamente a CBCS, Secovi-SP e SindusCon-SP, secretariado pela Uninove.

Eficiência energética – Na abertura do fórum, o SindusCon-SP esteve representado pelo vice-presidente de Meio Ambiente, Francisco Vasconcellos. Além dele e de Paulo Teixeira, também compuseram a mesa de abertura o reitor da Uninove, Eduardo Storopoli; a secretária de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Loreni Foresti; e o secretário municipal do Verde e Meio Ambiente de São Paulo, Wanderley Meira do Nascimento.

A seguir, em palestra coordenada por Vasconcellos, a secretária Loreni apresentou os principais itens de uma instrução normativa obrigando as novas edificações públicas federais e as obras de retrofit à etiquetagem de eficiência energética “Classe A”.

Na sequência, o vice-presidente do Secovi-SP, Ciro Scopel, coordenou palestra do professor Roberto Lamberts, da Universidade Federal de Santa Catarina, sobre a importância da eficiência energética nas edificações. Lamberts alertou para a necessidade de adoção de novas tecnologias e hábitos visando à conservação, uma vez que o consumo energético está aumentando junto com o IDH numa velocidade muito maior em relação à elevação da produção de energia e num quadro de escassez de água.

Em 10 de junho, os integrantes do fórum firmaram o documento de sua fundação e realizaram diversos debates. A cobertura completa do evento estará na edição de julho da revista Notícias da Construção.

Artigos relacionados

30 / 07
Móveis para varanda gourmet: quais as peças essenciais?

Móveis para varanda gourmet: quais as peças essenciais?

A varanda gourmet se tornou um ambiente indispensável principalmente para quem gosta de receber os amigos e curtir bons momentos com a família. Por isso mesmo, a escolha certa dos…

Ver matéria completa
12 / 09
Restaurante sjc: x opções bacanas para seu lazer na cidade

Restaurante SJC: 22 opções bacanas para seu lazer na cidade

Difícil conversar com alguém que não encontre em São José dos Campos boas opções de restaurante SJC. Aqui tem estabelecimentos para todos os gostos, bolsos e localizações variadas. Cozinha italiana,…

Ver matéria completa
24 / 02

10 dicas para aumentar espaços em seu apartamento

Está adquirindo um novo imóvel? Essa é para você! Confira essas soluções recomendadas para otimizar espaços menores em sua residência. Diminua o número de ambientes, pois divisões em excesso aumentam…

Ver matéria completa
Voltar ao Topo